Dívida mobiliária federal (saldos) - Posição em carteira - Título indexado ao câmbio - NTN-A

Conceito: A dívida mobiliária federal é constituída dos títulos emitidos pelo Tesouro Nacional e pelo Banco Central do Brasil e contempla os valores que estão em poder do mercado ou em carteira no Banco Central.

Dívida mobiliária do Tesouro Nacional

Dívida pública interna do Tesouro Nacional, constituída pelos títulos públicos de sua emissão registrados no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic) ou na Câmara de Custódia e Liquidação (Cetip), colocados e resgatados em moeda nacional.

Dívidas securitizadas

Inclui dívidas vencidas e renegociadas (DVR), que correspondem aos débitos de empresas estatais (exceto Petrobras), assumidos e renegociados pelo governo federal mediante securitização, com emissão de títulos registrados na Cetip; e os títulos da dívida agrária (TDA) em mercado, emitidos pelo Tesouro Nacional nos processos de desapropriação de terras para reforma agrária.

Dívida mobiliária do Banco Central

Dívida pública interna do Banco Central do Brasil constituída pelos títulos públicos de sua emissão registrados no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic), colocados e resgatados em moeda nacional. Em 2006, foram resgatados os últimos títulos de emissão do Banco Central, tendo deixado de existir, desde então, dívida mobiliária emitida pela Autoridade Monetária, em função da proibição estabelecida pela Lei Complementar 101, de 4.5.2000.

Para a dívida pública mobiliária são divulgadas as séries históricas em unidade monetária corrente e em reais, cujos valores são expressos considerando a posição de carteira ou posição de custódia. apresentando, para cada posição, o total emitido, os valores em mercado, na carteira do Banco Central e em tesouraria. Os dados são apresentados de forma totalizada e por título.

A dívida mobiliária federal é apresentada, ainda, com base na distribuição por indexador dos respectivos títulos, para cada posição (carteira e custódia).

São apresentadas séries históricas relativas ao impacto monetário das operações com títulos, compreendendo as colocações, resgates e saldos

Fonte: Banco Central do Brasil – Departamento de Operações do Mercado Aberto

Dados e recursos

Informações Adicionais

Campo Valor
Fonte https://www3.bcb.gov.br/sgspub/consultarvalores/consultarValoresSeries.do?method=consultarGraficoPorId&hdOidSeriesSelecionadas=10667
Autor Banco Central do Brasil/Departamento de Estatísticas
Mantenedor Banco Central do Brasil/Departamento de Estatísticas
Última Atualização 5 de Dezembro de 2017, 10:30 (America/Sao_Paulo)
Criado 5 de Dezembro de 2017, 10:30 (America/Sao_Paulo)
Categoria VCGE Finanças Públicas [http://vocab.e.gov.br/2011/03/vcge#financas-publicas], Informações Estatísticas [http://vocab.e.gov.br/2011/03/vcge#informacoes-estatisticas]
Início do período 31-01-2000
Periodicidade mensal
Referências

www.bcb.gov.br

Informações do SGS

Campo Valor
Tipo da série Série temporal mensal
Unidade de medida Milhões de unidades monetárias correntes
Código SGS 10667